Mary Trujillo Cigana

Minha idade é milenar...

Sou de muitas eras!

Moro em: São Paulo

Eu gosto:De fazer poesia,

de dançar, de ir às festas...

Amo os animais,

os amigos, minha

linda família...

E amo demais

o meu amor...

É claro!

E Deus acima

de tudo sempre!

O que não gosto:

De levantar cedo...

Falsidade, inveja,

injustiça e fofoca...


Noite...
Sou lua...
Sou estrela...
Sou teu fogo abrasador...
Sou tua caça...
Sou fera
Sedutora...
Sou tua vida...
Teu alimento,
Meu amor!
Mary Trujillo


Mujer Apasionada



Minha filhinha Sapeka.
Mãe do Pepeto e da Fifi.
São meus três peludinhos amados.
Mary Trujillo


Meus dois nenéns queridos
Pepeto & Fifi.
Filhos da minha gatinha siamesa...
que é linda e de olhos bem azuis.
Amo meus três filhinhos.
Adoro os animais!
Mary Trujillo



 





Ping Pong


Meu Canal de vídeos
no You Tube


 



Em nossos devaneios... Deixamos nossas almas Viajarem para o doce encontro... Numa etérea e mágica troca de carícias. Telepaticamente nos amamos e esquecemos Tempo... Hora... Todos os desencontros... Para viver dos sonhos... Todas as delícias!... Mary Trujillo 17.02.2008

 


 


Mujer Apasionada


Roberto Carlos.
O eterno "Rei"



Elis, sempre "Regina"!






 


Award


 






 


 



Cartas Ciganas Online:
É só clicar nas cartas
para saber sua sorte.


Tarô online dois:


** Músicas **

 


Rádio Cigana

Gypsy Soul.Fm






* Livro de Visitas *


 




Acadêmico
ocupa a cadeira n.11
Assessora de
Divulgaçao/AVPB


Membro Efetivo


 

 


 



Meus sinceros
agradecimentos
ao grande
poeta e estimado amigo
Lupércio Mundim,
pela distinção com
que fui agraciada!
 

 


 


Venha fazer parte do grupo
"Doce Mistério".
É só clicar no selinho


Blogs Amigos...

 


 




Mary Trujillo

 


* Vídeos Ciganos *

Dalila Helwa ya balady Egypt my Beautiful Home Land Maravilhoso, imperdível! Mary Trujillo


 


















 



****

Blog desenvolvido por:
Mary Trujillo

****

Supervisão geral:
Roberta Viana - Sollua

 





 

 



Bandeira Cigana


Histórico:

-
30/09/2012 a 06/10/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 14/08/2011 a 20/08/2011
- 16/01/2011 a 22/01/2011
- 11/07/2010 a 17/07/2010
- 16/05/2010 a 22/05/2010
- 02/05/2010 a 08/05/2010
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 04/10/2009 a 10/10/2009
- 03/05/2009 a 09/05/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 11/01/2009 a 17/01/2009
- 28/12/2008 a 03/01/2009
- 09/11/2008 a 15/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 04/05/2008 a 10/05/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008
- 16/03/2008 a 22/03/2008
- 09/03/2008 a 15/03/2008
- 02/03/2008 a 08/03/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 17/02/2008 a 23/02/2008
- 10/02/2008 a 16/02/2008
- 03/02/2008 a 09/02/2008
- 27/01/2008 a 02/02/2008

 





Outros sites:

- Canto Mágico Mary Trujillo
- Canteiro de Versos
- Sonhando com José Maciel
- Sonhando com José Maciel - Cantinho Latino
- Mundo Virtual de Betsy Calisto - Chile
- Faria Canto Mágico & Sonhos - Canadá
- Puente de Amistad Marta Villavicencio
- Mapay de Matty Canales
- Família Borba Pinheiro
- Yara Nazaré
- Recanto das Letras
- Nadir A D'Onofrio
- Fragrância da Alma
- Recanto & Encantos
- Ramore Poemas
- Falena - Espanha
- Porto dos sonhos & das Poesias
- Grace Spiller
- Ligia Tomarchio
- Amor em Verso e Prosa
- Milhas de Amor
- Magia & Poesia
- Meus Momentos
- Vida Transparente
- Ana María Zacagnino
- Cochilando nas Estrelas
- Homenagem
- Site José Ernesto
- Alzira Macedo
- Ógui L. Mauri
- Museu Cigano
- Simplesmente Beija Flor
- Nina Aguamarina
- Seara da Cultura
- Mujer Apasionada
- Vida Transparente
- Blog Sylvia Cohin
- Vera Jarude
- Eda C. da Rocha
- Recanto dos Sonhos
- A voz do coração
- Fragmentos dos meus sonhos
- Cenário de Sentimentos
- Magia Gifs
- Na exposição do meu céu interior: O coração
- Minha Casinha
- Coletânea do Saber
- Vera Mussi Poesias
- Desde mi silencios
- Agregarte Maria Cristina Garay
- Maria Cristina Diccionario
- Escritores & Poetas
- Nan Hoelzle
- Criando Sonhos
- Alma Arte Poesia
- Fantasias da Alma
- Poetas de Ouro
- Pensamento Liberal
- Homenagem aos poetas e formatadores
- Zilca Poesias
- Alma Cigana Mary Trujillo

 






Indique esse Blog


 



Contador:

Código html:
Cristiny On Line





Duas Almas...
Marilena Trujillo
 
Nas linhas das suas mãos, a cigana
Leu sua saga, seu próprio destino....
Seria ferida mortalmente por aquele
Que dizia ser o seu amor divino...
 
O amor de tantas eras, abençoado,
Sonhado, esperado a vida toda...
Não acreditando no presságio, seguiu
Amando, amando como uma louca!...
 
Esquecendo que ela existia, viveu
Dele, só para ele, só dele inteira...
Cigano nenhum conquistou seu amor,
Mas para ele, ela era só uma rameira...
 
Em uma noite cinzenta e fria...
Ela encontrou seu cigano com outra,
Aquela cena atravessou seu coração,
Ferindo mortalmente como uma lança.
 
Nessa hora o cigano descobriu
Que ela era o seu amor, sua vida,
Gritou desesperado: - Acorda amiga!
Para ela, a sina estava cumprida...
 
Hoje em noites de luar, duas almas
Vagam perdidas, uma lamenta e chora,
A outra, aflita grita por perdão, perdão!
Uma vaga em seu pranto e a outra implora!
 
Perdão descobri que era você
O meu grande e verdadeiro amor!
Ela sempre responde:
- Vá embora por favor!!!
Mary Trujillo
14.09.2005

Dos Almas
Marilena Trujillo

En sus manos, la gitana
Leyó su propio destino....
Mortalmente la heriría
Quien decíase su amor divino...

Bendito amor, tan anhelado,
ansiado toda la vida...
Y no creyendo en presagios
siguió amando con delirio!...

Olvidando su existencia
Vivió sólo para él...
A ningún gitano amó,
Y para él, ella era una ramera...

En una noche gris y fría...
Ella encontró a su gitano
con otra, y su corazón quedó
clavado por una lanza.

Allí fue cuando el gitano
Descubrió en ella el Amor
y gritó desesperado: -Despierta ya!
Pero ella, su cruel destino cumplió...

En noches con luz de luna,
Dos almas vagan perdidas,
Una llora y se lamenta, la otra pide perdón
Una implora... la otra, pena!

Perdón, descubrí que eras
Mi gran verdadero amor!
Ella siempre le responde:
-Vete de aquí por favor!!!
Mary Trujillo

Versión en español
Alberto Peyrano
 

Respeite os direitos autorais

(c) 2008
São Paulo - Brasil
Direitos Registrados




- Postado por: Mary Trujillo às 17h36
[ ] [ envie esta mensagem ]

 





Talismãs Ciganos

 
Amuletos & Talismãs
           
Ainda persiste uma certa confusão quanto
à diferença entre o amuleto e o talismã.
Para simplificar, podemos dizer que
o Amuleto é um instrumento passivo, isto é,
ele não provoca mudanças, apenas protege
contra todo tipo de forças negativas.
É uma arma defensiva, por assim dizer,
guardando seu portador de
ataques maléficos de toda sorte.
O Talismã é um instrumento ativo,
pois provoca mudanças na sorte,
no destino e em geral, conforme a
intenção de quem o prepara,
sempre dentro de um ritual
predeterminado, que invoca
as forças necessárias e
adequadas para o objetivo em questão.
 
Ferradura

(22/12 a 20/1)
Talismã: ferradura
Compre 1 miniatura de
ferradura e enterre-a em
1 vaso de comigo - ninguém pode.
Para marcar o local, coloque ali
3 galhos de arruda. No dia seguinte,
desenterre o seu talismã, lave-o bem e,
depois de seco, salpique 1 pitada
de canela em pó sobre ele. Leve-o sempre
com você. Cuide da planta com
carinho e jogue a arruda no lixo. 
 
Taça
(21/1 a 19/2)
Talismã: taça
Compre 1 taça de qualquer material,coloque-a
em 1 mesa e,  ao redor dela acenda
4 velas azuis, cada 1 sobre 1 pires formando
1 quadrado. Quando elas queimarem, jogue
o resto no lixo. Guarde esse talismã na sua
cozinha, em 1 local onde possa vê-lo sempre,
e nunca use. Lave o pires
antes de usá-lo normalmente.
 
Capela
(20/2 a 20/3)
talismã: chave
Escolha 1 chave que não usa e mergulhe-a
em 1 copo com água e sal grosso.Depois
de 1 hora, lave o seu amuleto na pia e deixe-o
em 1 local onde possa secar ao sol.
Despeje a água com sal no tanque e
lave o copo antes de reutilizá-lo.
Pendure essa chave no seu chaveiro,
mentalizando que todos os
seus caminhos se abrirão.
 
Punhal
(21/3 a 20/4)
Talismã: imagem de punhal
Para que seu amuleto se torne mais poderoso,
faça 1 saquinho de pano branco e coloque-o
dentro durante 10 dias.No fim desse prazo,
abra o patuá, tire a imagem de punhal e passe-a
5 vezes sobre a fumaça de 1 incenso
de arruda.Carregue-o sempre com você .
Sopre as cinzas ao vento e jogue o pano no lixo.

Coroa
(21/4 a 20/5)
Talismã: tridente
Aumente o poder do seu amuleto deixando-o
em um local onde possa receber os raios da lua.
Faça isso no ultimo dia da lua crescente
e deixe até a primeira noite de lua
cheia.Guarde essa imagem dentro
de um saquinho feito à mão com pano preto
e linha da mesma cor, assim,
nunca será enganado(a) por ninguém.

Candeias
(21/5 a 20/6)
Talismã: coração
Ele vai proteger sua vida amorosa.Forre
uma caixinha pequena de
papel com folhas de louro e
deixe o seu amuleto ali durante
10 dias.Depois, escreva seu nome
e o do par em 1 papel rosa,
coloque na caixa e enterre-a no quintal
ou jardim, junto com o louro.
O seu talismã deve ser guardado
na sua gaveta de roupas íntimas.

Roda
(21/6 a 21/7)
Talismã: lua
Para ter mais harmonia com seus familiares,
coloque 1 imagem  de lua sobre 1 prato fundo e
cubra-a com as pétalas de 1 rosa branca.
No dia seguinte, ponha uma
pétala dentro da Bíblia, guardando-a
lá pelo tempo  que desejar.Jogue as
pétalas que sobraram no lixo,
lave o prato e use-o como de costume.

Estrela
(22/7 a 22/8)
Talismã: estrela
Se quiser ter mais sucesso na carreira,
numa noite estrelada, deixe o seu amuleto,
junto com 2 rosas amarelas, no sereno.
No dia seguinte, guarde a estrela onde
desejar, mas nunca deixe que alguém
a toque.As rosas podem ficar
em 1 vaso até murcharem ,
depois, jogue-as no lixo.Esse ritual
deve ser feito em uma noite de lua cheia.

Sino
(23/8 a 22/9)
Talismã:miniatura de sino
Coloque o objeto em uma caixa de madeira,
forrada com orégano.
Deixe a caixa no seu armário
durante 5 dias,depois, limpe o sino
e leve-o com você sempre que for trabalhar.
Jogue o orégano no lixo depois
desse prazo e, quando não estiver
usando seu talismã, mantenha-o
guardado dentro da caixa..

Moeda
(23/9 a 22/10)
Talismã: gato
Para energizar seu amuleto, acenda 1 incenso
de rosas e passe na fumaça 9 vezes.
Depois repita 7 vezes: "Quero ser uma
pessoa tão sábia quanto o Rei Salomão".
Sempre que tiver que tomar uma decisão difícil,
segure o talismã e mentalize o problema
que precisa resolver.Sopre as cinzas
na direção em que o Sol nasce.

Adaga
(23/10 a 21/11)
Talismã: figa
Para afastar a inveja,deixe a sua figa ao lado de
uma Bíblia.Durante 4 dias, acenda uma
vela verde pela manhã, em 1 pires, e
peça aos ciganos poderosos que afastem
as pessoas invejosas do seu caminho.
Depois desse prazo, carregue o amuleto
sempre com você.Jogue os restos das
velas no lixo e lave o pires antes de reutilizá-lo.

Machado
(22/11 a 21/12)
Talismã: cruz
Vá até a igreja mais próxima da sua casa
e pingue 3 gotas de água benta sobre o
seu talismã.Quando chegar em casa,
faça a oração de sua preferência e peça
a Santa Sara para proteger os seus caminhos.
Sempre que sentir medo ou tiver
que enfrentar alguma dificuldade,
segure a cruz com a mão
direita e reze 1 Pai-Nosso e 1 Ave-Maria.

Pesquisa:
Mary Trujillo

(c) 2008
São Paulo - Brasil
Direitos Registrados



- Postado por: Mary Trujillo às 17h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

 





Origem dos Ciganos
 
Um grande rio corta a Região Noroeste da Índia,
onde fica hoje o Paquistão. Seu nome é Indus e
das suas margens partiu, expulso por invasores
Árabes há quase três mil anos, um povo amante
da música, das cores alegres e da magia.
E o que a fundamenta
é a grande semelhança do
Romanês (ou Romani – idioma falado pelos Ciganos),
com o Sânscrito (a língua clássica Indiana).
O que não se sabe ainda é se esses eternos
viajantes pertenciam a uma casta inferior dentro
da Hierarquia Indiana (os parias) ou se eram
orgulhosos Raiputs (uma casta aristocrática
e militar). Independente de qual fosse o seu status,
a partir do êxodo pelo Oriente, os Ciganos se
dedicaram com exclusividade a Atividade de cavalos,
saltimbancos, comerciantes de miudezas e praticantes
das Artes Divinatórias. Por onde passaram, ganharam
fama de um povo que tinha horror à agricultura. Viajavam
sempre em grandes carroções coloridos e criaram nomes
poéticos para si próprios, como exemplo:
Filhos das Estrelas, Irmãos das Águas,
Viajantes do Vento e Povo das Estradas, entre outros.
A Família é à base da organização social
dos Ciganos. E não há hierarquia rígida no
interior dos grupos. O comando normalmente
é exercido pelo homem mais capaz, uma vez
que os Ciganos respeitam
acima de tudo a inteligência.
Este homem é o KAKU e
representa a tribo na KRISROMANI,
uma espécie de tribunal Cigano formado pelos
membros mais respeitados de cada comunidade,
com a função de punir quem transgride a rígida
ética Cigana. A figura feminina tem sua importância
e é comum haver lideranças femininas
como as PHURY-DAY (Matriarca) e as BIBI
(Tias-conselheiras), sem falar que nenhum
cigano deixa de consultar as avós, mães e
tias para resolver problemas importantes
por meio da leitura da sorte.
O Misticismo e a religiosidade,
aliás, faz parte de todos os hábitos da
vida Cigana. Normalmente, assimilam
as religiões do lugar onde se encontram,
mais jamais deixam de lado o culto aos
antepassados, o temor dos maus-olhados,
a crença na reencarnação e nas forças do
destino (BAJI), contra a qual não adianta lutar.
Quase todos são devotos de Santa Sara, e aqui
no Brasil, também a Nossa Senhora Aparecida.
Todo Cigano venera um Deus, mas o Cigano
não está preso a religião alguma,
é, no entanto ligado à Magia.
Em geral são belos, morenos, dolicocéfalos,
olhos grandes e vivos, roso ossudo, fronte
estreita, nariz adunco, dentadura magnífica,
andar vivo e irregular. Naturalmente elegantes,
tem porte e majestade. Gesticulam em demasia.
Ardentes e alegres, atingem grande longevidade.
As mulheres são bonitas e graciosas, embora
envelheçam precocemente devido à excessiva
exposição do sol pela vida nômade.
Mas usam enfeites, talco, pós de atração,
perfume, mil saias e sabem fazer bem o amor.
Não há um traje Cigano, mas uma maneira
Cigana de trajar. Apreciam as cores berrantes,
os tecidos brilhantes, os brocados. As crianças
andam nuas, muitas vezes. As mulheres
vestem-se de cores vivas, com grandes
saias rodadas, superpostas e lenços à
cabeça. Usam os cabelos soltos ou em tranças,
enfeitados de fitas ou moedinhas e exibem grandes
variedades de jóias e fantasias,
sobretudo brincos e pulseiras.
São em geral carnívoros e gostam
de doces e frutas, gostam também do vinho,
da cerveja e as aguardentes fortes.
Homens e mulheres são dados
ao fumo. Sua bebida é o SIFRIT.
O instrumento mais usado é o violino.
Usam também pandeiros e castanholas.
Apesar das diferenças locais e dos
regionalismos eles mantém viva
ainda os traços fundamentais.
O nomadismo permitiu a preservação
dessa cultura diante dos ataques que sempre
foram alvos. Na Idade Média eram queimados
em fogueira. Embora todos tivessem sido nômade,
é entre os ROM que se encontra hoje mais facilmente o
nomadismo e em estado puro. Apreciam o ar livre
e amam dormir à luz das estrelas, mesmo os
sedentários. Habitam em tendas (ceras) de porta
aberta para o sul ou na direção oposta ao vento
ou em grandes carroças pintadas sobre rodas.
As cartas não mentem, porque
entre elas, o consulente
e a cartomante, estabelecem um poderoso
campo magnético. Ainda que o consulente
pretenda blefar, as suas energias profundas
e a energia que emana das cartas favorecem
um diálogo cabalístico que vai determinar a
posição das lâminas durante o jogo e acima
de tudo a grande força da intuição e a
percepção da cartomante,
dada pelos CIGANOS DO ORIENTE.

Pesquisa:
Mary Trujillo

(c) 2008
São Paulo - Brasil
Direitos Registrados



- Postado por: Mary Trujillo às 17h33
[ ] [ envie esta mensagem ]